15
DEZ
2016

Governador assina ordem de serviço para implantação de sistema fusegate em Ponto Novo

Uma nova realidade para aproximadamente 150 mil pessoas de nove cidades. Essa é a expectativa do governador Rui Costa com a implantação de sistema fusegate, na barragem de Ponto Novo. A ordem de serviço para a implementação da tecnologia que permitirá a ampliação da capacidade de armazenamento para a barragem em cerca de 24%, que significa um acréscimo de 9,34 milhões de m³ de água, será assinada pelo governador neste sábado (10), acompanhado do secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto. Os recursos da ordem de R$ 7.551.206,00, são oriundos do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA).

Conforme explica o secretário Cássio Peixoto, a obra que será de responsabilidade da Companhia de Engenharia Ambiental e Recursos Hídricos da Bahia (Cerb), empresa vinculada à Sihs, além de mudar a realidade de milhares de baianos, funcionará sem fontes de energia elétrica visando manter atuais custos operacionais e sem intervenção humana, visando a não necessidade de pessoal de operação durante o período de 24h. O prazo para a entrega é de 15 meses e os benefícios beneficiados serão: Ponto Novo, Filadélfia, Itiúba, Senhor do Bonfim, Andorinha, Caldeirão Grande e Jaguarari, além de Queimadas e Santa Luz.

“O sistema fusegate, sem dúvida, dará segurança hídrica na região de Ponto Novo, levando em conta que resultará em uma maior oferta de abastecimento de água para consumo humano, bem para as áreas irrigadas”, frisou, explicando que trata-se de um equipamento formado por elementos independentes de concreto e aço, que elevam a altura do vertedouro e são projetados para ativar-se caso haja eventos de cheias extremas, quando o nível do reservatório atinge uma elevação predeterminada, aproveitando volumes importantes durante os períodos de chuvas.

Fonte. Ascom/ SIHS

Download PDF

Deixe uma mensagem