07
MAIO
2019

Audiência Pública sobre Metodologia de Revisão Tarifária Ordinária da Embasa é realizada pela AGERSA

A AGERSA promoveu na última segunda-feira (06/05), no auditório do Instituto Anísio Teixeira a Audiência Pública “METODOLOGIA DE REVISÃO TARIFÁRIA ORDINÁRIA DA EMBASA”.

Esta Audiência Pública foi convocada com a finalidade de obter subsídios e informações adicionais para subsidiar a edição de resolução da AGERSA que ir tratar da metodologia que será utilizada pela AGERSA, quando der início ao processo da primeira revisão tarifária ordinária da prestadora de serviços.

A ideia é chegar numa metodologia de cálculo que garanta uma tarifa que possibilite a Embasa fazer investimentos, se tornar mais eficiente na prestação do serviço de abastecimento de água e esgotamento sanitário e assegurar uma tarifa justa, equitativa, que promova justiça social, pontuou a Diretora de Normatização, Eduarda Fernandes.

A AGERSA como Agência reguladora tem buscado ajustar a rota para subsidiar o governo no ajuste das políticas de saneamento.

Ao fazer uso da palavra, o Professor Doutor da Universidade de São Paulo, especialista em saneamento e cálculo de tarifas, Dr. Bruno Ledo, mostrou como a definição da metodologia pesquisa influenciará positivamente na vida dos baianos.

“Através do estudo, vamos, junto com a AGERSA, defender o interesse do cidadão baiano, buscando uma tarifa ideal. Se for cobrada uma tarifa muito alta, gera inadimplência, se for muito pequena impossibilita a expansão de melhorias, então temos que descobrir o meio termo, a tarifa capaz de remunerar o serviço”, pontuou.