27
NOV
2019

Mais de mil estudantes assinam contrato para atuar em órgãos públicos através do Programa Partiu Estágio

Foto: Manu Dias/GOVBA

 

Em cerimônia realizada na Arena Fonte, na manhã desta quarta-feira (27), o Governo do Estado formalizou a contratação de 1.064 novos estagiários que irão atuar nos órgãos ligados ao Poder Executivo, por meio do Programa Partiu Estágio. Na Agersa atualmente tem sete estagiários enviados pelo programa.

No evento, os termos de compromisso foram assinados e o governador Rui Costa realizou a entrega simbólica dos crachás aos estudantes universitários.

O Partiu Estágio tem por finalidade viabilizar o acesso dos jovens universitários baianos como estagiários em órgãos da administração pública. “O estágio sempre existiu no Estado. Mas, quando eu assumi a gestão, constatei que o perfil sócio econômico da maioria dos estagiários na administração estadual era de classe média alta. Ao unificar o programa e ao adotar o critério de que teria acesso ao estágio o jovem proveniente de família de baixa renda e que estudou o 2º grau na escola pública, conseguimos não somente um programa consolidado de aperfeiçoamento profissional, como também de inclusão social”, destacou o governador.

Somente neste ano, o Partiu Estágio realizou a publicação de três editais de convocação e, neste último, foram convocados 2.626 estudantes. De acordo com a Secretaria da Administração do Estado (Saeb), no segundo semestre de 2019, a iniciativa recebeu a inscrição de 20.392 universitários. Desde 2017, ano em que a iniciativa foi implantada no estado, 11.096 estudantes já participaram do programa de estágio.

Para Beatriz Batista, que estuda Administração, o estágio na Agersa é uma preparação para o mercado de trabalho.

“O estágio se tornou uma coisa importante para mim, pois nele eu posso colocar em prática o que eu aprendo na teoria na faculdade. Assim eu terei uma base mais completa de como será meu futuro profissional, tendo experiência para o mercado de trabalho, obtendo experiência e desenvolvimento profissional, para que eu me torne mais apta para minha função”, contou.

A Elaine, que estuda engenharia ambiental, disse que a troca de experiência com os engenheiros da Agersa, é importante porque já se familiariza com a área que escolheu seguir.

“O #Partiuestágio é importante para aprimorar os conhecimentos adquiridos na sala de aula.  Obter experiências que facilitará o ingresso no mercado de trabalho. Primeiro contato que os estudantes tem com a profissão que desejam exercer. Uma oportunidade única de aprendizado que deve ser aproveitada”, pontuou.

Para Felipe Reis, estagiário de engenharia da casa, o contato com profissionais da área é importante porque já consegue assimilar na prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula.

“O estágio está sendo importante no meu desenvolvimento profissional, mais do que ganhar só experiência mas aplicação da teoria que aprendi em sala na prática, vendo como funciona a parte específica da engenharia ambiental e sanitária”, frisou.

Todo e qualquer estudante universitário pode participar, desde que esteja regularmente inscrito em instituições de ensino superior com sede na Bahia, sejam estaduais, federais ou privadas. Também é necessário que o candidato curse graduação na modalidade presencial e que tenha cumprido mais de 50% da carga horária. Além disso, o Partiu Estágio é prioritário para estudantes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e para aqueles que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada.